terça-feira, 13 de outubro de 2015

Falta de Viabilidade Oi Velox: Meu Caso e Dicas para se Livrar do Problema

Você que tem telefone fixo da Oi e deseja ter também internet banda larga fixa mas sempre que liga para o 10331 da Oi, escuta das atendentes que no momento a linha telefônica não tem viabilidade técnica para o Velox por falta de portas disponíveis. Saiba que eu também já enfrentei esse problema no passado e agora estou novamente nessa situação para adquirir um novo Velox.

Vou contar o meu caso e no final do artigo vou dar algumas dicas para que você tenha mais chances de ter o Velox na sua linha telefônica e evite cair em algumas armadilhas da Oi no futuro depois que já tiver a banda larga fixa.

Eu tinha o Oi Velox desde agosto de 2010 na minha linha telefônica. Na época, assinei o plano de 1 mega pois era a maior velocidade que a Oi oferecia para o meu bairro. Fiquei com essa velocidade por alguns meses até que houve um reajuste na assinatura (na época o plano de 1 mega era bem caro e com o reajuste, ficou mais caro ainda). Diante do reajuste, liguei para a Oi e durante a negociação com a atendente, acabei optando pela redução de velocidade para 600kbps.

Fiquei nessa velocidade por mais alguns meses até que a Oi baixou o preço do Velox em seu site e eu percebi que com o preço mais baixo do plano de 1 mega, dava para eu voltar para essa velocidade. Foi aí que começaram os problemas, pois ao ligar para a Oi, escutei das atendentes que no momento, a minha linha telefônica não tinha viabilidade para uma velocidade maior que 600kbps. Aleguei que eu já tive a velocidade de 1 mega e apenas queria voltar para essa velocidade, mas não teve jeito. Tive que me contentar em continuar com o plano de 600kbps.

Até que em maio de 2012, acabei me mudando e pedi a Oi a transferência da minha linha telefônica para o novo endereço. O telefone foi instalado e eu acabei tendo que pedir um novo Velox pois o que eu já tinha foi cancelado automaticamente pela Oi durante a transferência do telefone. No televendas da Oi, foi oferecido até 10 megas do Velox, mas eu contratei o plano de 2 megas por R$29,90 (na época, a Oi estava vendendo o plano de 1 e 2 megas pelo mesmo preço) e fiquei com essa velocidade até março de 2014.

Foi aí que houve um novo reajuste na assinatura (já havia tido um reajuste em 2013 na qual eu já estava pagando R$46,90 pelo Velox de 2 megas). Só que em março de 2014, o preço subiu para R$77,90. Mais uma vez liguei para a Oi e durante a negociação, a atendente me disse que podia recolocar o preço de R$46,90 no plano de 2 megas ou caso eu reduzisse para 1 mega, eu pagaria apenas R$9,95 por um ano. Diante do preço irrisório, concordei com a redução de velocidade para 1 mega e de fato fiquei pagando apenas R$9,95 por 1 ano. Pelo lado financeiro, foi excelente ficar pagando apenas R$9,95 pelo Velox de 1 mega. Essa economia, me ajudou a juntar dinheiro para comprar os 4 receptores da Oi TV Livre que eu tenho e fazer uma assinatura básica de televisão com a Oi TV.

Só que em março desse ano, o preço do Velox de 1 mega voltou para R$29,90 e a partir daí, eu tentei ao menos, voltar para a velocidade de 2 megas porque o plano de 1 mega, já não era mais tão vantajoso assim em relação aos outros planos e eu já não estava mais contente com essa mísera velocidade. Mais uma vez, começei a ouvir das atendentes da Oi que a minha linha telefônica não tem viabilidade para mais que 1 mega. Desde então, virou uma guerra as minhas ligações para o atendimento da Oi já que eu sei que a minha localidade tem disponibilidade para até 10 megas do Velox.

No dia 16/09/2015, acabei cancelando o Velox de 1 mega que eu tinha para tentar pedir um novo Velox de 2, 5 ou até mesmo 10 megas já que os planos de 5 e 10 megas custam o mesmo preço de R$59,90. Foi aí que eu ouvi das atendentes da Oi, que a minha linha telefônica não tem mais viabilidade para o Velox. Liguei para o televendas da Oi e pedi para consultar a viabilidade no endereço da minha casa invés de consultarem na linha telefônica. A atendente do televendas me informou que tem viabilidade para até 10 megas no meu endereço.

Questionei a atendente do televendas do porquê tem viabilidade do Velox no meu endereço, mas não tem na linha telefônica e ela me respondeu que é por causa do armário que o meu telefone está instalado. Ela me orientou a ligar para o 10331 e pedir uma troca de armário do telefone para que passe a haver viabilidade para o Velox.

Apesar de ter escutado de alguns atendentes do 10331 que a Oi não realiza troca de armário do telefone fixo, consegui falar com uma atendente na qual ela mesma ofereceu o serviço de troca de armário vendo que a minha linha telefônica estava sem viabilidade para o Velox. Eu disse a ela que outros atendentes se negaram a solicitar esse serviço e ela me respondeu que a Oi faz sim a troca de armário do telefone para o cliente adquirir um novo produto que nesse caso, é o Velox.

A atendente fez a solicitação no dia 30/09/2015, mas até hoje estou esperando a Oi de fato trocar meu telefone de armário para eu poder pedir um novo Velox. O prazo já foi prorrogado duas vezes. Primeiro, me deram até dia 08/10/2015 para fazerem o serviço, depois o prazo mudou para 12/10/2015 porque segundo os atendentes do 10331, havia um problema no par secundário da nova central que o meu telefone será instalado.

Só que agora, o prazo foi prorrogado novamente para 15/10/2015. Vou abrir uma reclamação na Anatel com os protocolos dos atendimentos em mãos para a Oi não prorrogar mais esse prazo. A Oi se comprometeu a trocar o meu telefone de armário, agora vão ter que cumprir. É bem provável que com a reclamação na Anatel em aberto, o serviço de troca de armário seja efetuado com mais rapidez.

Com tudo isso, podemos tirar algumas conclusões desse meu caso em relação ao Velox:

1) Se você já tem o Velox da Oi, nunca peça a redução de velocidade pois reduzindo a velocidade, você perde a vaga no armário da sua linha telefônica  e não consegue mais aumentar a velocidade no futuro caso queira voltar para o plano de maior velocidade.

2) Não cancele o Velox do seu telefone sem ter uma outra boa opção de banda larga em sua região. Se no futuro você tentar a voltar a ter o Velox nessa mesma linha, é bem provável que não tenha mais viabilidade e você tenha que tentar a troca de armário como eu estou tentando junto a Oi para voltar a ter a internet fixa.

3) Se você tem o telefone fixo da Oi, mas a linha não tem viabilidade técnica para o Velox, faça o seguinte para descobrir se existe a possibilidade de você ter o Velox: Ligue para o televendas da Oi no 0800 0310001, entre na opção de compra da banda larga fixa, e peça para atendente consultar primeiro, a viabilidade do Velox no seu endereço e somente depois, consultar na linha telefônica.

Se a resposta for que tem sim viabilidade no seu endereço para até a velocidade X, mas não tem na linha telefônica, você pode comprar o Velox avulso (não recomendo, pois é bem caro o Velox sozinho), adquirir uma nova linha telefônica com o Velox junto ou pedir no 10331 da Oi, a troca de armário da sua linha telefônica atual. Nessa última opção, é provável que você escute de algumas atendentes despreparadas do 10331, que a Oi não realiza a troca de armário do telefone, mas não desista, ligue novamente que você vai acabar falando com alguém mais entendido que faça a solicitação da troca de armário do seu telefone. Uma vez feito a solicitação, pegue o protocolo de atendimento e caso a Oi fique enrolando para executar o serviço, faça uma reclamação na Anatel pelo site www.anatel.gov.br ou pelo telefone 1331.

4) Nunca peça o aumento de velocidade do seu Velox a vendedores do mercado livre ou outros sites similares (o famoso "Upgrade Velox") pois se trata de uma atividade criminosa, ilícita. Nesses anúncios, algumas pessoas com acesso ao sistema da Oi (provavelmente funcionários da própria Oi), fazem o aumento do Velox sem o consentimento da empresa e alegam que você vai ficar pagando pelo mesmo plano com uma velocidade bem maior que a contratada. Geralmente esse tipo de aumento não dura muito tempo porque a Oi faz de tempos em tempos um reset no sistema para que a velocidade volte a ser apenas a contratada. Então, caia fora disso que além de ser crime, não vai valer a pena e só vai fazer você gastar dinheiro atoa.

Até mesmo o famoso "upgrade Velox legalizado" que consiste em fazer o aumento de velocidade de forma legalizada no sistema (contratando o plano) é arriscado a fazer com terceiros pois você não conhece a pessoa que está do outro lado do computador. Com os seus dados de assinante em mãos, se essa pessoa tiver mesmo acesso ao sistema da Oi, ela pode fazer muitas coisas ruins na sua linha telefônica, se quiser. Então, cuidado com esse tipo de coisa.

Essas são as principais dicas que eu tenho em relação ao Oi Velox. A maioria das dicas como vocês observaram, são baseadas no meu histórico de assinante do produto durante 5 anos. Espero que essas dicas sejam úteis a quem já tem o Velox ou pretende assinar.

Enquanto isso, vou aguardar a Oi trocar meu telefone fixo de armário para eu poder pedir um novo Velox acima de 1 mega. Tomara que essa novela de eu pedir um outro Velox, não tenha ainda muitos capítulos pois está sendo um saco ficar usando a internet 3G pré-paga em casa gastando toda a franquia do meu celular.
Leia Mais ››

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Oi TV Irá Lançar Gravação Externa PenVR via USB

Os assinantes da Oi TV terão novidades em breve na operadora. Está previsto para o dia 1º de novembro de 2015 o lançamento do PenVR que nada mais é do que o tão esperado recurso de gravação externa via porta USB usando um Pendrive ou HD externo nos receptores sem o gravador interno DVR.

Os receptores Oi TV já começaram a se atualizar com a inclusão da função de gravação externa via USB na nova firmware que em alguns modelos é a de número 114 e em outros modelos é a número 115.

Os receptores de todos os assinantes Oi TV devem se atualizar sozinho nos próximos dias. Mas caso você queira forçar a atualização, basta com o receptor ligado em qualquer canal, desligar ele da tomada, esperar alguns segundos e ligar novamente. 

Na primeira tela escrito aguarde, aperte a tecla voltar e digite 2485 no controle remoto. Tem que ser rápido. Se der tudo certo, irá aparece a tela de download da nova firmware. Se o download começar, isto é, sair dos 0%, não desligue o receptor da tomada até que tudo termine, caso contrário, há o risco de travar o receptor. Uma vez travado, só a assistência técnica do fabricante consegue destravar o receptor. Faça isso por sua conta e risco.

O meu segundo ponto, eu ainda não consegui atualizar manualmente. Ficou aparecendo a informação que o decodificador está aguardando sinal e com isso o download não saiu dos 0%. Como percebi que o download não tinha começado e não queria sair dos 0%, desliguei ele da tomada e liguei novamente. Ele está funcionando ainda com a firmware antiga 112. Acho que vou deixar ele se atualizar sozinho invés de tentar forçar uma nova atualização e correr o risco de travar o aparelho.

Somente no caso do download não sair dos 0% na tela de atualização que você pode desligar o aparelho da tomada. Afinal de contas, vai ser a única coisa a se fazer em uma situação dessas. Acredito que isso esteja acontecendo porque a Oi TV deve ter retirado a nova firmware do satélite, talvez para ajustes, ou então, para conter a ansiedade dos assinantes em relação ao novo serviço de gravação externa que está previsto para ficar disponível somente no dia 1º de novembro.

Já o meu primeiro ponto (ponto principal) consegui atualizar ele para a versão 114 porque atualizei ele ontem, antes de tentar atualizar o segundo ponto que foi hoje. Todos os meus 4 pontos da Oi TV com o pacote Oi TV Mix HD, são receptores comprados Oi TV Livre HD que é o modelo Elsys ETRS35.

Depois que o meu ponto principal se atualizou, reparei de cara as novas funções no aparelho. Apertando a tecla DVR no controle remoto, entra no menu de conteúdos gravados e aparece a mensagem: "E91 - Ligue para o atendimento Oi TV 10631 e habilite o recurso de gravação na sua unidade externa". Apertando a tecla Rec no controle remoto, aparece a mesma mensagem E91.

No menu Meus Conteúdos do ponto principal, tem novas opções que antes não tinham. Foi incluído as opções: Gravados - que eu imagino ser a lista de conteúdos gravados. Agendados - deve ser para poder agendar gravações. Gravações em Série - deve ser para poder gravar séries em sequência. E a última opção, Gravações por Horário que deve ser para poder gravar de acordo com a hora que for programada.  Ao tentar entrar nessas novas opções, aparece a mensagem E91 para ligar para a Oi TV para pode habilitar o recurso de gravação na unidade externa.

Hoje eu liguei para a Oi TV no 10631 e falei com uma atendente. Perguntei sobre a gravação externa e ela me disse que vai poder ser liberada a partir do dia 1º de novembro de 2015. Para isso, basta ter uma unidade externa com no mínimo 18GB de capacidade para poder gravar. A atendente não soube me dizer se a gravação externa será um recurso pago ou se vai ser gratuito.

No fórum de discussão do site www.vcfaz.tv/oi no tópico da Oi TV Livre, o usuário binho.antenasul postou que o recurso de gravação externa na Oi TV será pago. Segundo ele, o valor será de R$20,00 e só vai estar disponível no ponto principal.

Espero que essa afirmação do binho.antenasul não seja verdadeira, pois vou achar uma sacanagem a Oi TV lançar a gravação externa PenVR apenas no ponto principal e ainda por cima cobrar a mesma mensalidade que cobram dos assinantes DVR no comodato que não precisaram comprar nada para ter o serviço.

Vale lembrar que para poder conseguir gravar com o PenVR, é preciso ter a unidade externa na qual a Oi TV não irá fornecer ao assinante. Nós é que vamos ter que comprar. Por isso acho que se for mesmo cobrado a mensalidade de R$20,00 pelo PenVR como outros usuários também estão dizendo por aí nos fóruns de discussões, vai ser uma mensalidade cara por parte da Oi TV e ainda por cima disponível apenas no ponto principal.

Sinceramente, espero que esses boatos sobre o custo da gravação externa na Oi TV não seja exatamente isso que estão dizendo. Se vai ser gratuito, eu não sei, mas se for pago, espero que a mensalidade seja de no máximo R$10,00 e que seja liberado em todos os pontos que o assinante tiver e não apenas no ponto principal.

Façam as contas: A Oi TV tem aproximadamente 1 milhão de assinantes. Se desses 1 milhão, apenas 25% (250 mil assinantes) adquirirem a gravação externa a um custo de R$20,00 por assinante, a operadora vai arrecadar R$ 5 milhões de reais a mais por mês. Isso a um custo praticamente zero pois o único trabalho da Oi TV é disponibilizar o software no receptor que permita fazer as gravações. O custo com a unidade externa será do assinante.

Vale lembrar que as gravações do PenVR serão codificadas, isto é, não será possível assistir o conteúdo gravado no computador. Apenas vai ser possível assistir o conteúdo gravado no próprio receptor Oi TV.

Sendo justo ou não as condições que a Oi TV dará para os assinantes terem o PenVR, mesmo assim essa é a grande novidade da operadora que os assinantes esperam há muito tempo. Eu mesmo já perdi muitos filmes na Oi TV por não ter o recurso de gravação disponível. Se o PenVR for gratuito ou se o custo for de no máximo R$10,00 mensais sendo permitido gravar em todos os pontos, estou dentro. Se a mensalidade for de R$20,00 e a gravação ficar disponível apenas no ponto principal, estou fora.

O jeito vai ser esperar até o mês que vem para ver quais serão as condições da Oi TV para se ter o PenVR.

Atualização 29/11/2015: O PenVR já está disponível a todos os assinantes Oi TV por R$10,00 mensais. Mais informações e dúvidas sobre a gravação externa, veja esse artigo.
Leia Mais ››